terça-feira, 28 de dezembro de 2010

A ponta dos meus dedos

Com meus dedos...
Posso escrever que te amo sem você saber
pois uso palavras ambíguas
rasgo teu coração
escrevo teu nome, teu sobrenome.
Toco no piano aquela música
escrevo um poema
uma música para você dormir.
Com as pontas dos meus dedos
eu choro sem derrubar lágrimas
desenho o que minha mente vê
folheio livros
seguro uma rosa
aquela que me destes
acabei espetando meus dedos nos espinhos.
Com meus dedos beijo seu rosto
Abro a janela para sentir o vento
Fecho meus olhos.
Eu sinto o mundo com a ponta dos meus dedos...

2 comentários:

ISAAC RUY disse...

singelo E LINDO...

adorei!

Andresa disse...

Obrigado Isaac. Fruto do mais nobre sentimento.